Aproveitando uma dúvida que me colocaram, coloco mais um exercícios para vos ajudar a elaborar exercícios de aplicação dos Sistemas de Custeio.

DADOS

CUSTOS C.Fixos C.Variáveis C.Totais
C.Industriais ? 15.000 € ?
C.Administrativos 1.200 € 0 1.200 €
C.Distribuição 2.200 € 950 € 3.150 €
C.Financeiros 1.500 € 0 € 1.500 €

Sabe-se ainda que:

  • Havia no início do período em análise 2.000 unidades de Produtos Acabados valorizadas a 2,50€
  • A produção real do período em análise foi de 10.000 unidades
  • Foram vendidas 9.500 unidades a 3,95€
  • O Resultado Antes de Imposto (RAI) apurado foi 5.550€
  • A empresa adopta como critério valorimétrico o FIFO

– Calcule o Custo Industrial do Produto Vendido (CIPV) pelo Sistema de Custeio Total ou Completo?

ANÁLISE

A grande questão deste exercício é que ao contrário de um exercício dito “normal” não conseguimos calcular logo o Custo Industrial do Produto Acabado (CIPA), o que nos obriga a ir à volta. Ou seja, elaborar a Demonstração de Resultados para descobrir os valores em falta, nomeadamente o Custo Fixo Industrial.

1º Passo – Demonstração de Resultados pelo SCT:

SCT
Vendas 37.525 €
CIPV 26.125 €
M.Bruta 11.400 €
CINI 0 €
M.Industrial 11.400 €
C.Distribuição 3.150 €
M.Líquida 8.250 €
C.Administrativo 1.200 €
R.Operacional 7.050 €
C.Financeiro 1.500 €
RAI 5.550 €

Sabendo o RAI (5.500€) e os C. Financeiros, vamos calculando os resultados intermédios ao contrário, isto é debaixo para cima. Por exemplo: o RO é igual à soma dos C. Financeiros com o RAI.

Em relação à rubrica CINI (Custo Industrial não incorporado) como estamos no Sistema de Custeio Total, todo o custo industrial, fixo ou variável, é conduzido até ao produto, logo esta rubrica é sempre zero neste sistema.

Por diferença conseguimos descobrir o valor do CIPV = Vendas – M. Bruta. Contudo e pela piada de descobrirmos o valor dos Custos Fixos, devemos decompor o valor do CIPV:

2º Passo – descobrir os Custos Fixos Industriais

CIPV = Quant. vendida x Cipa unit dos PA.

Uma vez que a empresa adopta o critério FIFO e há no armazém 2.000 unidades de existência inicial teremos de ter em conta que o CIPV deve ser primeiro valorizado pelas unidades mais antigas e só depois valorizado pela produção do período em análise. Assim o CIPV fica igual a:

CIPV = Qei PA x Cunit ei + (Qv – Qei) x CIPA unit SCT

Nesta fórmula só nos falta descobrir o CIPA unit do SCT, mas para isso precisamos de descobrir os Custos Fixos Industriais!

CIPV = 2.000 x 2,50€ + (9.500-2.000) x CIPA SCT = 26.125€ <=>  5.000€ + 7.500 x (cv unit. + CF) = 26.125€ <=>

cv unit é o CIPA do SCV (Variável ou Parcial), logo são os C. Variáveis Industriais / Quantidade Produzida = 15.000€/10.000 = 1,50€. Assim:

5.000€ + 7.500 x (1,5€ + CF) = 26.125€ <=> CF = 9.875€

Espero que tenha ajudado.

Cumps,

TS