Baralho de Ideias

Quem ganhar uma vaza dará início à seguinte.

Fim-de-semana no Porto e uma Maratona

Há sempre desculpas para conhecer uma cidade, no nosso caso foi uma Maratona que nos levou até à cidade Invicta!

Decidimos partir no dia 1 de Novembro à noite para esta aventura de 3 dias.

PLANEAMENTO:

Viagem de 3 dias com estadia no Hotel da EasyHotel:

DESPESAS

O hotel fica no centro da cidade e para um fim-de-semana em grupo é uma opção bastante interessante! Têm é de ter cuidado porque só inclui a cama, o resto é pago à parte! Contudo, há uma excepção, desde a inauguração do hotel que eles oferecem 15 canais de TV totalmente gratuitos durante a estadia e também podemos utilizar a Internet via wifi na cave do hotel! É a loucura!

hotel

EasyHotel Porto: www.easyhotel.com/hotels/porto.html

ROTEIRO:

DIA 1 – Chegada ao Porto e Festa do Halloween

Saímos de Lisboa em direcção ao Porto e o que é nós encontramos pelo caminho? A Mealhada, claro que os meus companheiros de viagem decidiram ir comer uns porquinhos bebés😦.

1ª Paragem:

Se gostam de leitõezinhos assados este é o local certo para ir. O Rei dos Leitões é o restaurante mais apetecível de leitão da Mealhada. E se é para comer o melhor leitão tem de ser na Mealhada. Ficam aqui as fotos para comprovar esta deliciosa iguaria nacional:

leitão

Ementa da noite: 2 doses de leitão para 6 pessoas e 1 robalinho para mim. No final, em estilo Masterchef, provámos um Morgado do Buçaco. As reacções já de seguida:

reações

Antes de seguir viagem para o Porto, ainda houve tempo para a foto final com os Reis do Leitão:

SAM_1090

Já era meia noite quando saímos da Meadalha e estávamos já atrasados para a Festa do Halloween no Porto! Por isso, metemos o turbo e chegámos ao Porto à uma da manhã!

Fomos directos para a Festa do Ano – THE WALKING DEAD – LIVE EXPERIENCE!

Nota: era obrigatório levar sangue e nós levámos o nosso bem fresquinho de Lisboa!

convite

A festa de Halloween mais realista e sanguinária de sempre viveu-se no Porto, na Alfândega do Porto, patrocinada pela FOX fomos viajar pelo mundo do Walking Dead!

Atenção: as próxima imagens que se seguem são o resultado de um estudo que grupo de atletismo amador do GBES decidiu efectuar para conhecer o novo andar depois da Maratona de domingo.  Fique explícito que só se bebeu água da Vitalis e reforço que o objectivo da Festa foi apenas estudar o Walking Dead para domingo!

walking1

Graças às litradas de sangue que levámos, fizemos novos amigos! Apresento-vos:

walking3

A festa de zombies estava a bombar, quando  encontrámos os verdadeiros zombies. Vejam e comprovem se não foram os melhores da festa:

walking2

Eram 4 da manhã quando nos decidimos recolher aos aposentos para descansar um pouco antes da visita à cidade.

DIA 2: Passeio semi-walking dead pelo Porto

Após 5 horas de soneca fomos fazer o aquecimento para a maratona, começámos com um brunch no Café Progresso. O Café mais antigo da cidade do Porto, fundado em 1899!

brunch

Excelente lugar para se tomar um bom pequeno-almoço (para muitos um almoço), com preços particularmente interessantes e com uma conversão para euros ao cêntimo!

Após esta paragem estratégica, fomos beber um cimbalino ao Majestic Café, situado na rua Santa Catarina, o local mais comercial da cidade (equivalente à Baixa Lisboeta). Mais do que um café, o luxuoso Majestic, outrora conhecido como Elite, conta a história do Porto. O Porto dos anos vinte, das tertúlias políticas e do debate de ideias. O Porto da Bélle Époque, dos escritores e dos artistas. (by: www.cafemajestic.com)

majestic 1

majestic 2

Vai um cimbalino?

majestic 3

Cada cimbalino custa 2,50€, mas inclui 2 pires e um chocolate preto! E se tiverem sorte ainda encontram lá o Fernando Pessoa:

DSC04136

Continuámos caminho pelas ruas do Porto e, muito perto do Majestic, encontrámos o edifício do Coliseu:

DSC04132

Descemos a rua do Coliseu na tentativa de chegar ao velho Mercado do Bolhão, mas chegámos tarde já estava fechado!

bolhão

De seguida, continuámos caminho em direcção à Estação de S.Bento. Esta Estação foi construída no início do séc. XX,  no local do antigo Convento de São Bento de Avé-Maria, edificado no período manuelino. O projecto da estação foi desenhado pelo arquitecto Marques da Silva, que revestiu o interior da estação com painéis de azulejo do pintor Jorge Colaço, colocados em 1916 e que ilustram a história dos transportes, aspectos etnográficos e acontecimentos célebres da história portuguesa.

estação

Curiosidade: Só em Novembro de 1877, após a conclusão do projecto da ponte Maria Pia sobre o rio Douro  é que se ligou directamente o Porto com Lisboa!

Ali mesmo ao lado da Estação encontrámos a Sé e foi para lá que seguimos! A Sé do Porto foi construída no séc. XII no estilo românico. Na torre do lado norte, um baixo relevo representando uma embarcação do séc. XIV simboliza a vocação marítima da cidade. A Sé recebeu importantes beneficiações no período gótico e no séc. XVIII. Não tivemos oportunidade de visitar o seu interior, onde seria possível admirar as pinturas de Nicolau Nasomi, bem como, a capela de João Gordo com um túmulo gótico.

Sé

É um dos melhores pontos da cidade para apreciar a vista panorâmica:

vista sé

Caros amigos chegou o momento de adrenalina! Foi a loucura quando decidimos andar de Funicular. As próximas imagens são impróprias para cardíacos!

Funicular dos Guindais: Batalha

Cada viagem custa 2€ por pessoa. Ou se escolhe descer ou subir! Nós descemos para atravessar a Ponte D. Luís I em direcção às caves.

funicular

funicular 2 funicular 1

Ponte D. Luís I

Construída entre os anos 1881 e 1888,  com projecto do Engenheiro Teophile Seyrig, discípulo de Gustave Eiffel, liga o Porto e Vila Nova de Gaia.

 O arco da nova Ponte tem 172m de corda e 44,6m de flecha. Os encontros do arco, em cantaria, dão apoio aos pilares que suportam o tabuleiro superior, realizado em forma de vigas rectas, com 391,25m de extensão. Do arco descem os pendurais que suportam o tabuleiro inferior de 174m de comprimento.

A estrutura da nova ponte, verdadeira filigrana de ferro que passou a ser, juntamente com a Torre dos Clérigos, o ex-libris por excelência do Porto, pesava no seu conjunto 3.045 toneladas. A ponte ficou iluminada por meio de artísticos candeeiros de gás, 24 no tabuleiro superior, 8 no inferior e 8 nos encontros. (by: http://paginas.fe.up.pt/porto-ol/lfp/luiz.html)

ponte

Já em Gaia, antes de visitarmos as caves, fomos almoçar umas ricas francesinhas! Ora não fosse o prato mais famoso da cidade do Porto! Escolhemos um excelente restaurante com vista para o magnífico rio Douro – Ar de Rio (www.arderio.pt)

Local de passagem obrigatório para quem quer experimentar a famosa francesinha à moda do Porto. O preço médio por pessoa é de 12€.  Mas cuidado o MENU apresenta 3 tipos de francesinhas, todas elas especiais, só que no Porto especial significa gigante.

almoço

Almoço com vista para o Rio:

almoço 2

Após o reconfortante almoço foi hora de fazer uma visita guiada às Caves de Cálem.

Fundada em 1859, por António Alves Cálem, a Porto Cálem manteve-se na mesma família durante quatro gerações. No seu  início, dedicava-se à exportação de vinhos para o Brasil em troca de madeira exótica, com frota própria, símbolo ainda hoje presente no logótipo da empresa: a Caravela.

Em 1998, a Porto Cálem passou a fazer parte da Sogevinus SGPS, SA. O grupo Sogevinus tem a seu cargo um universo de empresas direccionadas para a produção e comercialização de vinhos do Porto e D.O.C Douro, investimentos em quintas para assegurar a produção de vinhos de gama alta, distribuição de bebidas, bem como, variadíssimos projectos na área do Turismo. (by: www.calem.pt)

cálem

Começámos a visita guiada pelo museu histórico onde ficámos a conhecer a Região Demarcada do Douro, a produção do Vinho do Porto e a história sobre as Caves do Cálem. Em seguida, visitámos as caves onde os vinhos envelhecem em condições especiais: protegidos da luz e do calor. Aqui, podemos ficar a conhecer as características únicas de cada tipo de Vinho do Porto.

cálem 1

cálem 2

O Vinho Ruby envelhece entre 3 a 4 anos em depósitos de madeira de carvalho de grandes dimensões e é produzido através da mistura de várias colheitas recentes. As características originais das uvas são mantidas devido ao pouco contacto com a madeira, assegurando uma profunda cor rubi e um bouquet de bagas vermelhas.  Apresenta aromas frutados e jovens. Segundo a guia (porque eu não o provei) na boca é suave, elegante e equilibrado.

O Vinho  Tawny envelhece entre 3 a 4 anos em cascos de carvalho, em pequenos barris. Logo, como há grande contacto com o carvalho ganham uma cor castanha-alourada, apresentando aromas a frutos secos e madeira. Mais uma vez, segundo a guia o sabor na boca é aveludado, frutado e equilibrado.

A visita terminou com uma degustação de dois Vinhos do Porto: um branco e um tinto.  Esta visita guiada teve um custo de €5 por pessoa.

cálem 3

Já com o dia a terminar, voltámos a atravessar a ponte D. Luís I em direcção à zona ribeirinha do Porto.

Foi nesta Ribeira e na sua ligação comercial com o Rio Douro que a cidade começou o seu franco desenvolvimento e se voltou para o rio. 

As ruas estreitas e sinuosas, com vista para Gaia, as arcadas sombrias, casas típicas com fachadas coloridas de outros tempos, a sua arquitectura urbano-ribeirinha, rodeada de cafés e lojas fazem desta uma das principais zonas turísticas da cidade.  Animação diurna e nocturna, e um cosmopolita movimento conferem ao Cais da Ribeira e a toda a zona envolvente um ambiente único de história, tradição, animação e beleza.  (by: www.guiadacidade.pt/pt/poi-cais-da-ribeira-porto-15385)

ribeira

Ainda estávamos na zona ribeirinha e já conseguíamos avistar a nossa próxima paragem a Torre dos Clérigos.

Obra barroca, da autoria de Nicolau Nasoni, construída na primeira metade do século XVIII. Esta torre é um dos monumentos mais emblemáticos da cidade do Porto, que proporciona uma vista panorâmica sobre a cidade e o rio Douro, só tendo para isso de subir a escadaria com cerca de 240 degraus. Nós não subimos para pouparmos as pernas para a Maratona! (ver: www.torredosclerigos.pt/)

torre

Para terminar o dia fomos visitar a Livraria Lello & Irmão!

A Livraria Lello & Irmão é uma das mais antigas livrarias portuguesas. Está no Porto desde 1881 e fica num prédio com vitrais, painéis, colunas e com uma escadaria no centro. Em 2008, o jornal inglês The Guardian considerou-a a terceira mais bela do mundo, a mesma classificação atribuída pelo Lonely Planet, no seu guia “Lonely Planet’s Best in Travel 2011”, sendo descrita como “uma pérola de arte nova”, destacando as prateleiras neo-góticas e a escadaria vermelha em espiral.

livraria

Curiosidade: Apesar de não ter sido confirmado pela autora de um dos mais famosos livros, “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, foi escrito na cidade do Porto. Afirma-se que quando J. K. Rowling viveu na cidade do Porto,  escreveu o seu primeiro livro da série Harry Potter nos cafés da cidade. Diz-se que o primeiro rascunho sobre um rapaz feiticeiro foi escrito num guardanapo do famoso Café Majestic. Ao ler o livro é possível encontrar muitas semelhanças entre a descrição da biblioteca de Hogwarts e a centenária Livraria Lello & Irmão, livraria da qual Rowling era cliente assídua, durante os 3 anos e meio que viveu em Portugal.

E já com o dia a terminar fomos ao Cais levantar os dorsais para o grande evento do fim-de-semana no Porto: A Maratona.

dorsal

Para terminar o sábado em grande fomos jantar perto da rotunda da Boavista e ainda visitámos a Casa da Música.

Edifício projectado pelo arquitecto holandês Rem Koolhaas, a Casa da Música foi inaugurada em 2005. Apresenta uma programação musical que vai desde a música clássica às tendências urbanas de vanguarda, e conta com quatro agrupamentos residentes: Orquestra Sinfónica, Remix Ensemble, Orquestra Barroca e Coro. Para além da música esta casa promove concertos, workshops e diversas actividades para famílias com crianças e público escolar.  (ver: www.casadamusica.com)

casa musica

DIA 3: dia da Maratona ou do Walking Dead

Garantidamente um dos dias mais emocionantes da minha vida! Eu estava muito feliz por ser uma das três mil pessoas a participar nesta maratona! É um sentimento estranho que se apodera de nós antes da partida: a emoção de fazer 42 Km, o medo de não chegar ao fim ou encontrar o muro e o objectivo pessoal de acabar dentro do tempo limite. Ficam as fotos deste momento!

Início da Prova:

maratona

Os atletas em Prova:

maratona 1

A chegada à Meta:

maratona 2

Apesar de não termos tido oportunidade de tirar fotos durante a corrida (só porque não dava muito jeito levar a máquina na mão) fica a dica que vale muito a pena visitar a Foz! Uma zona de tirar o fôlego!

Resultados do GBES:

resultados

Após 42 Km a correr ou a tentar correr, ficam as fotos com as magníficas medalhas:

melhadas

Regresso a Lisboa e nos aguardem até à próxima Maratona!

Agradecimentos especiais:

Aos companheiros de treinos e dos 42Km

atletas 1

Aos companheiros de viagem e atletas de 16Km

atletas 2

À companheira de viagem e atleta de passeios (a única com pernas para subir os 240 degraus da Torre dos Clérigos)

melhadas 3

Aos nossos guias portuenses – Nuno e Filipa (pela paciência que tiveram em nos acompanhar)

guias

Fim da Viagem!

TS

About TANIA SARAIVA

Profissão: - Gestora de Mercado na Portugal Telecom - Assistente Convidada no ISCAL Educação: - Mestrado em Contabilidade no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa - Licenciatura em Gestão no Instituto Superior de Economia e Gestão

2 comments on “Fim-de-semana no Porto e uma Maratona

  1. Cristina Pinto
    22 Novembro 2013

    ESpectacular a descrição da viagem!!!! Parabéns Tânia pela tua força e coragem em conseguires fazer a PROVA até ao FIM!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Ana
    22 Novembro 2013

    Tânia, que espetáculo de reportagem. Já sei quem vai passar a fazer os relatos das provas internacionais🙂

Deixa a tua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 21 Novembro 2013 by in Desporto, Viagens.

Navegação

Jogadas anteriores

Fonte da imagem do cabeçalho

Jogadores

%d bloggers like this: