Baralho de Ideias

Quem ganhar uma vaza dará início à seguinte.

Orçamento de Tesouraria vs Orçamento Financeiro

O Orçamento de Tesouraria inclui, para além dos pagamentos e recebimentos correntes, os créditos sobre clientes e outros devedores e os débitos a fornecedores e outros provenientes do ano anterior.

Objetivo: é prever o saldo de tesouraria ao longo dos vários meses, que resulta da diferença entre os totais previsionais de recebimentos e de pagamentos de exploração.

EXEMPLO ORÇAMENTO DE TESOURARIA

ORÇAMENTO DE TESOURARIA 
Recebimentos
    Saldo inicial de Clientes Se transitar do período anterior Valor Vendas a receber
    Vendas do ano Valor Vendas recebidas no período em análise, de acordo com o PMR
Pagamentos
    Saldo inicial de Fornecedores Se transitar do período anterior Valor Compras a pagar
    Compras do ano Valor Compras pagas no período em análise, de acordo com o PMP
    C Transformação (MOD+GGF) Valor pago pelos CT, mas deverão retirar o valor de amortizações/depreciações
    C. Não Industriais Valor pago pelos C. não Industriais (CD ou CA), mas deverão retirar o valor de amortizações/depreciações
    IVA Se no Orçamento IVA obtivermos IVA a pagar
Saldo ∑ Recebimentos – ∑ Pagamentos

REGRAS DO ORÇAMENTO DE TESOURARIA:

Regras do Orçamento Tesouraria:
Recebimentos > Pagamentos – Saldo Tesouraria Positivo
Recebimentos < Pagamentos – Saldo Tesouraria Negativo
Valores dos Recebimentos e Pagamentos devem incluir IVA
Se existir informação histórica (N-1) deverão ser as primeiras linhas dos recebimentos (Contas de Clientes de N-1) e dos pagamentos (Contas de Fornecedores de N-1).
Custos de Transformação (GGF) e Custos não insdutriais (CD ou CA) poderão incluir amortizações, logo quando se apurar o valor destes custos deverão expurgar o valor das amortizações no OT.

ORÇAMENTO FINANCEIRO

Orçamento Financeiro permite efetuar o estudo financeiro para o ano definindo: a forma de suprir as necessidades de tesouraria ou a aplicação dos excessos de tesouraria. Permitindo assim, equacionar o equilíbrio financeiro de curto prazo da empresa a partir do registo de todas as suas obrigações – Aplicações de fundos e das Origens de Fundos de que dispõe, tendo em atenção que estas duas rubricas devem ser de igual montante no final de cada período.

Este orçamento permite conhecer, no final de cada período em análise, as obrigações das empresa quanto a empréstimos contraídos, bem como, o montante das aplicações financeiras, o que facilita a previsão dos juros a pagar e a receber ao longo do exercício, bem como, dos que terão de ser repercutidos nos resultados (gastos e rendimentos de financiamento).

EXEMPLO ORÇAMENTO FINANCEIRO

ORÇAMENTO FINANCEIRO NOTAS
1 – Origens de Fundos
  Disponibilidades Iniciais
  Saldo Tesouraria (+)  Valor do OT (ST > 0) 
  Financiamento Tesouraria    ∑ Aplicações > ∑ Origens 
TOTAL   Total Origens  = Total Aplicações 
2 – Aplicações de Fundos
  Disponibilidades Finais
  Saldo Tesouraria (-)  Valor do OT (ST < 0) 
  Fundos Disponíveis
  Empréstimos a contrair  Novos empréstimos contraídos no perído
  Reembolso Empréstimos  Valor reembolso efetuado no período
  Juros  Empréstimo x Tx Juro
  Investimento  Valor investimentos efetuados no período
  Reemb. Financ. Tesour.  Valor do Financiamento
  Juros fin. tesour.  Financiamento x Tx Juro
  Aplicações Tesouraria   ∑ Origens > ∑ Aplicações 
TOTAL  Total Aplicações = Total Origens 
Financiamento Tesouraria Acumulado
Aplicações Tesouraria Acumuladas

REGRAS DO ORÇAMENTO FINANCEIRO:

Financiamento Tesouraria  FT = se Total Aplicações > Total das Origens – colocar a diferença neste campo para garantir a regra T.Aplic = T.Origens
Aplicações Tesouraria  AT = se Total Aplicações < Total das Origens – colocar a diferença neste campo para garantir a regra T.Aplic = T.Origens
Saldo Tesouraria (+) ST das Origens = se o Saldo de Tesouraria for positivo preencher este campo
Saldo Tesouraria (-) ST das Aplicações = se o Saldo de Tesouraria for negativo preencher este campo
Reembolso Financiamento Tesouraria A preencher sempre no período seguinte (pe: 2ºS) sempre que haja valores no campo Financiamento de Tesoraria no período anterior
Juros financiamento tesouroura Se houver reembolso de Financiamento de Tesouraria aplicar a taxa de juro indicada para estes financiamentos e calcular os juros

About TANIA SARAIVA

Profissão: - Gestora de Mercado na Portugal Telecom - Assistente Convidada no ISCAL Educação: - Mestrado em Contabilidade no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa - Licenciatura em Gestão no Instituto Superior de Economia e Gestão

21 comments on “Orçamento de Tesouraria vs Orçamento Financeiro

  1. joao matias camoes
    22 Maio 2013

    gostei muito, aprendi +, quanto a isto gostaria receber + esplicaçoes quanto a esta materia, sou um gestor de Recursos Humanos.
    isto e + uma ferramenta para mi. muito obrigado pela sua ajuda.

    • joao matias camoes
      22 Maio 2013

      gostei muito, aprendi +, quanto a isto gostaria receber + esplicaçoes quanto a esta materia, sou um gestor de Recursos Humanos.
      isto e + uma ferramenta para mi. muito obrigado pela sua ajuda.

    • TANIA SARAIVA
      22 Maio 2013

      Olá João,

      fico contente em ajudar. Qualquer dúvida é só dizer.

      Cumps,
      TS

  2. Rui Pereira
    24 Maio 2013

    Está muito Bom – Vai dar uma ajuda importante a PCG – Obrigado

    • TANIA SARAIVA
      26 Maio 2013

      Olá Rui.

      óptimo e boa sorte para PCG.

  3. ANACLETO
    1 Outubro 2013

    MUITO GRATO PELA SUA FORMA DE AGRADAR O PÚBLICO… DESTE UMA GRANDE AJUDA FOI MTO SATISFATÓRIO SUCESSOS NA SUA CARREIRA BJO DE ANACLETO

    • TANIA SARAIVA
      1 Outubro 2013

      Obrigada e espero ter ajudado.

      Boa sorte,
      TS

  4. Edenilson Alcobias
    28 Outubro 2013

    gostei do conteùdo e gostaria de obter mais sobre o conteùdo

  5. Fernando Bastos Eduardo
    21 Novembro 2013

    Este é um excelente material para gestores financeiros. Continuem a publicar artigos com a mesma clareza e simplicidade de entendimento.
    abraços de….

    Fernando Bastos

    • TANIA SARAIVA
      21 Novembro 2013

      Obrigada Fernando.

      Assim que tiver oportunidade vou apresentar um caso prático da construção destes mapas.

      Cumps,
      TS

  6. Nicolau de Lúcia Mateus
    7 Janeiro 2014

    Olá! Tânia Saraiva. Sou responsável pelo Dptº de Contabilidade e Finanças do Loanda Hotel – Luanda, Angola. Aprecie imenso está matéria e foi mui proveitosa pra mim uma vez que estou na fase de elaboração do orçamento da empresa para o primeiro trimestre do ano corrente.

    Nicolau de Lúcia Mateus

    • TANIA SARAIVA
      7 Janeiro 2014

      Muito obrigada Nicolau,

      Fico feliz por ajudar!

      Boa sorte!
      TS

  7. Gelson Fernandes António
    17 Julho 2014

    Olá, Tánia! Eu estou no último ano do médio, na fase do projecto final. Quero tambem dizer que a sua matéria foi muito proveitosa para mim e, por isso muito obrigado e espero que possas publicar mais!

    • TANIA SARAIVA
      17 Julho 2014

      Obrigada Gelson!

      Fico contente por ter ajudado🙂

      Cumps,
      TS

  8. Maria Antonieta
    2 Setembro 2014

    Olá Tânia. Estou a resolver um exercício de eleboração de OT para Março com dados de Jan.º
    Pergunta:
    -Vendas de Jan.º com PMR de 30 dias, devem figurar onde?
    -Compras de Fev.º com PMP de 60 dias, devem figurar como?
    -Ordenados brutos de Jan.º;Fev.º?
    -O valor das retenções mensaís efetuadas aos empregados que são pagas no mês seguinte ao do pagamento dos ordenados?
    -Iva?
    Ob.
    Maria Alegria

  9. Maria Antonieta
    2 Setembro 2014

    Em relação ao exercício anterior foi-me ttb dado as disponibilidades iniciais:
    Pergunta:
    -Devo a estas disponibilidades juntar os montantes das vendas recebidas em fevereiro e o pagamento do ordenado de jan.º e fev.º?
    Maria Alegria

  10. selemane
    25 Outubro 2014

    o conteudo e util,obrigada por essas palavras dadas.

    • TANIA SARAIVA
      27 Outubro 2014

      Olá Selemane,

      fico feliz por ter ajudado!

      Cumps,
      TS

  11. Justino Matusse
    13 Novembro 2014

    gostaria de saber onde posso registar a despesa referente aquisição de imobilizado no orçamento de tesouraria ou financeiro.

    • TANIA SARAIVA
      28 Novembro 2014

      Olá Justino,

      será sempre no Orçamento Financeiro, dado que no Orçamento de Tesouraria só se regista as entradas e saídas de dinheiro relacionadas com a exploração da actividade. Logo, deve colocar a despesa com a aquisição de imobilizado nas aplicações no Orçamento Financeiro.

      Cumps,
      TS

  12. deodato
    8 Junho 2015

    porque nao ha exercicio sobre orçamentos

Deixa a tua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 6 Fevereiro 2013 by in Contabilidade.

Navegação

Jogadas anteriores

Fonte da imagem do cabeçalho

Jogadores

%d bloggers like this: