Baralho de Ideias

Quem ganhar uma vaza dará início à seguinte.

Presente no Futuro – As famílias estão em crise?

Presente no Futuro: os portugueses em 2030” será um encontro de reflexão sobre as perspectivas de evolução de Portugal nas próximas duas décadas, abordando questões demográficas, populacionais, territoriais e sociais. O evento irá realizar-se de 14 a 15 de Setembro no Centro de Cultural de Belém. As sessões organizam-se em debates sobre questões cruciais para a sociedade portuguesa.

As famílias estão em crise?

Há vários indícios que levam a supor que as famílias estão em crise: o aumento do número de divórcios e a diminuição dos casamentos (em particular, os católicos), o fenómeno da coabitação, o declínio do número de filhos e a redução da dimensão das famílias, a emergência de estilos de vida individualistas, entre outros.

O incremento da incidência de divórcios sugere a existência de uma hipotética crise de conjugalidade na sociedade portuguesa. No entanto, importa assinalar que o aumento das taxas de divorcialidade deve-se à crescente simplificação jurídica e processual dos divórcios. Isto significa que, há alguns anos atrás, a conclusão destes processos, em caso de discordância entre os cônjuges, era bastante morosa. Inclusive, há algumas décadas, a dissolução de um casamento estava exclusivamente dependente da vontade do membro masculino. A rigidez seria ainda maior caso se tratasse de um casamento católico. Em síntese, as crises conjugais sempre estiveram presentes, sendo que, no passado, estavam encobertas por um mero contracto matrimonial.

De resto, uma significativa parte dos casamentos, que estão a resultar em divórcios, foram consumados numa época em que ambiente social pressionava os jovens a casarem. Actualmente, o grau de aceitabilidade na sociedade da coabitação sem casamento é bastante elevado, perspectivando, num futuro próximo, uma diminuição da taxa de divorcialidade.

Sessão “As famílias estão em crise?”, dia 14 de Setembro às 12:30 com Ana Nunes de Almeida (Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa) e Teresa Pizarro Beleza (Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa).

About David Cruz

Demógrafo no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

Deixa a tua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Jogadas anteriores

Fonte da imagem do cabeçalho

Jogadores

%d bloggers like this: