O cálculo das Prestações Recíprocas, isto é, quando uma secção auxiliar presta serviço a outra(s) secção(ões) auxiliar(es) e esta(s) reciprocamente também presta(m) serviços à primeira, é sempre um bicho de 7 cabeças para o compreendermos. Espero com este artigo, conseguir desmistificar as “Prestações Recíprocas”.

As Prestações Recíprocas nascem da necessidade de atribuir os custos das Secções Auxiliares aos Produtos e/ou Serviços produzidos. Ora, como as Secções Auxiliares não têm relação directa com os produtos e/ou serviços, utiliza-se a relação destas com as Secções Principais para repartir os seus custos. Isto é, as Secções Auxiliares, são normalmente aquelas secções que garantem o correcto funcionamento das Secções Principais, como por exemplo: Secções de Manutenção, Limpeza, Refeitório, etc. e, através do seu trabalho para as Secções Principais conseguimos encontrar uma forma de repartir os seus custos pelos produtos. Contudo, por vezes as Secções Auxiliares, para além de trabalhar para as Secções Principais, também trabalham para outras Secções Auxiliares. Nestas situações, antes de imputarmos os custos das Secções Auxiliares às Secções Principais, temos de encontrar os custos finais de cada Secção Auxiliar, que não será mais nem menos do que os seus Custos Directos, mais o que as outras Secções Auxiliares trabalharam para ela e menos o que esta trabalhou para outras Secções Auxiliares. Vejamos o exemplo de um Mapa de Custos de Transformação com 3 Secções Principais e 2 Auxiliares:

Assumimos que as 2 Secções Auxiliares trabalham uma para a outra, obrigando-nos a encontrar o seu custo unitário através do recurso às Prestações Recíprocas. Após encontrarmos o custo unitário de cada Hora de trabalho das Secções Auxiliares já podemos, com base no critério de repartição definido pela empresa para as Secções Principais, imputar os seus custos a estas últimas.

Legenda:

  • SA1 – Secção Auxiliar 1
  • SA2 – Secção Auxiliar 2
  • SP1 – Secção Principal 1
  • SP2 – Secção Principal 2
  • SP3 – Secção Principal 3
  • C. Directos – Custos Directos da Secção

Qualquer dúvida não hesitem em deixar um comentário!

TS