Baralho de Ideias

Quem ganhar uma vaza dará início à seguinte.

GRÉCIA (JUN11)

Grécia, o berço da civilização moderna está em crise e a única vantagem são os preços do turismo bastante mais apetecíveis!

Esta foi das viagens que maior prazer me deu planear, porque eu sou apologista de fugir a pacotes de agências sempre que possível e para a Europa não há necessidade de acreditar nas agências, nós conseguimos sempre fazer o mesmo ou até melhor se comprarmos com antecedência e em bons sites.

PLANEAMENTO:

Informação adicional: os voos foram comprados directamente nos sites das companhias aéreas em Fevereiro de 2011 e a estadia de Corfu foi adquirida no site da NetViagens também em Fevereiro.

ROTEIRO DE VIAGEM:

Dia 6 – Voos e mais Voos

Em Portugal só há voos directos para a Grécia entre Julho e Setembro, logo se quisermos viajar antes temos de fazer pelo menos uma escala! A nossa viagem começou às 7:55 partida de Lisboa, chegamos a Bruxelas às 11:35. Tinha muitos planos para as 4:10 que iria ficar em Bruxelas, mas chovia tanto, tanto, tanto, que ficámos retidos no aeroporto a dormir uma sesta! A chegada a Atenas aconteceu às 20:00. A esta hora foi só tempo de encontrar o autocarro certo (The Express Bus X96 from the Airport (Exit 4) – 5€ por pessoa) que nos levou até à zona de Glyfalda (arredores de Atenas). Não aconselho ninguém a ficar no centro de Atenas, é muito feio e mais caro. A zona de Glyfalda é como Lisboa vs Cascais – tem uma marina bonita, casas deslumbrantes e é muito calma.

Eléctrico para o centro de Atenas

Informação adicional: não recorram a táxis, além de tentarem regatear o valor fica sempre mais caro. Há muitos autocarros do aeroporto para todas as zonas da cidade! A zona de Glyfalda tem um eléctrico que nos leva ao centro da cidade em 10-15 minutos e custa 1,20€ por percurso.

Hotel London: ficámos neste hotel entre o dia 6 e 8 de Junho e a paragem do autocarro é  “3rd Glyfada” que fica a 50 metros do hotel.

Hotel London

Dia 7 – Rumo a Atenas

1º dia de estadia em Atenas, lá fomos nós conhecer as ruínas da cidade (existem esplêndidas ruínas de monumentos do passado glorioso da antiga civilização e as novas resultantes das revoluções diárias contra a austeridade)! Quais as mais bonitas, deixo ao vosso critério!

Parlamento Helénico  e Monumento ao Soldado Desconhecido

Ruas de Atenas

Ruínas de um Balneário Público

Legenda (de cima para baixo, da esquerda para a direita): Templo do Zeus do Olimpo;

Ruínas de Delfo (oráculo de Apolo); Zappeion – Congresso Nacional;

Dia 8 – Conhecer Glyfalda e Voo para Corfu

Aproveitámos a manhã para passear pela zona onde pernoitámos 2 noites e aqui apenas tenho a dizer: Sabe qual é o 2º carro dos gregos? R: Não é um carro, é um iate!

Marina de Glyfalda. O meu é o da direita!

Feira de 4º Feira

Informação adicional: Para viajar para a ilha de Corfu escolhemos o avião que fica a 1h, esta ilha é a que fica mais próxima da Albânia. Sendo uma ilha tem algumas limitações, logo convém reservar um transfer para o hotel!

Hotel Aquis Pelekas Beach: Um hotel maravilhoso, posso dizer que até agora foi o mais bonito em que tive! Fica numa colina de cortar a respiração. O que corta também a respiração são os acessos ao hotel, é um percurso com curva para a esquerda, curva para a direita e mais outra curva e tudo numa descida a pique!

Hotel Aquis Pelekas Beach

Dia 9 – Corfu

Reconhecimento da área. Como o dia estava um pouco encoberto, decidimos conhecer as zonas da redondeza. Assim, ficamos a conhecer a pitoresca Aldeia de Pelekas e a zona de Glyfada.

Aldeia das Pelekas

Glyfada

Dia 10 – Cidade de Corfu

Neste dia fomos conhecer a única cidade da ilha – Corfu! Apanhamos um autocarro por 3€/ por percurso e lá fomos nós à aventura!

Cidade de Corfu

Dia 11 – Viagem à Albânia 

Fomos conhecer a cidade onde nasceu Madre Teresa (Nënë Tereza) – Saranda. A viagem iniciou-se às 9:00 (mas aviso que saímos do hotel às 7:15 da matina) com a nossa partida do porto da cidade de Corfu (onde pagámos 10€/por pessoa pelo visto). Viajámos ao longo da costa da Albânia para chegarmos ao porto de Saranda. Depois temos de escolher um autocarro (em inglês ou francês) e começámos a viagem pela antiga cidade de Saranda. O destaque do dia é a excursão ao sítio arqueológico de Butrint, designado pela UNESCO como Monumento do Património Mundial em 1997. Na borda do lago, onde a antiga cidade de Butrint está situada, pudemos ver o antigo teatro, o ginásio antigo, os banhos romanos, as paredes de pedra e antigo templo com o piso de mosaico. No topo da colina, o castelo de otomana de Ali Pasha, permite-nos ter acesso a uma vista panorâmica sobre a cidade arqueológica, o lago e as vastas planícies. Após este tour regressámos à cidade de Saranda, almoçámos num restaurante típico, num estilo buffet que não inclui bebidas. Na parte da tarde, há tempo livre para um passeio pela cidade até a hora de voltar para Corfu – 17:30.

Do dia 12 ao dia 15 – Praia e Caminhadas

Depois de tanto passeio os últimos dias na ilha foram só para praia e passeios pedestres magníficos!

Praia do Hotel

Passeios Pedestres por Pelekas

 Dia 15 – Regresso a Atenas 

Após estes magníficos 8 dias nesta ilha escondida e exótica, das menos turísticas possíveis tínhamos de regressar a Atenas para prepararmos mais uma sequência de voos até Lisboa.

Desta vez ficámos no Hotel Sea View e a paragem do autocarro é  “Asteria Beach” que fica a 50 metros do hotel.

Hotel Sea View

 Dia 16 – Regresso a Lisboa

 Após o Pequeno-almoço no hotel, fomos despedirmo-nos da zona de Glyfalda, onde aproveitámos para comprar as últimas lembranças e uns vestidinhos! Depois às 14:35 partimos de Atenas rumo a Bruxelas onde mais uma vez chovia e lá ficámos retidos no aeroporto até às 19:20. Chegamos a Lisboa às 21:05.

Fim da Viagem!

TS

Próxima Publicação: São Tomé uma ilha lindíssima e onde o tempo pára.

About TANIA SARAIVA

Profissão: - Gestora de Mercado na Portugal Telecom - Assistente Convidada no ISCAL Educação: - Mestrado em Contabilidade no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa - Licenciatura em Gestão no Instituto Superior de Economia e Gestão

5 comments on “GRÉCIA (JUN11)

  1. Claudia
    21 Junho 2012

    Mas que memória tu tens😉 eu passadas umas semanas já não me lembro do nome de metade dos sítios por onde passei eheheh
    Fico à espera de S.Tomé🙂
    Bjs

    • TANIA SARAIVA
      21 Junho 2012

      Cara amiga Cláudia,

      tenho de confessar que algumas destas coisas estavam escritas nos meus exceis!🙂

      Mas se te esqueces assim tanto das coisas devias tomar óleo de peixe, ajuda a memória a desenvolver-se!

      Bjs e até breve!

  2. Claudia
    21 Junho 2012

    C’a nojoooooooooo😉
    eu é mais óleo de fígado de bacalhau😉

    Bjs e até S. Tomé😉

  3. Óscar Camarneiro
    9 Maio 2013

    Obrigado Tânia, pela partilha!
    Muito bom, dá para tomar algumas decisões.
    Abraço.

    • TANIA SARAIVA
      9 Maio 2013

      Obrigada Óscar.

Deixa a tua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 21 Junho 2012 by in Viagens.

Navegação

Jogadas anteriores

Fonte da imagem do cabeçalho

Jogadores

%d bloggers like this: